Estória Interessante

 Havia um filósofo alemão no século XIX, seu era Friedrich Nietzsche. Ele escreveu muitos trabalhos, mas um de seus clássicos foi um trabalho chamado “Assim Falou Zarathustra.” E foi nesse trabalho que ele fez a proclamação de que “Deus está morto.” Ele fez essa afirmação. Isso se tornou uma afirmação muito forte e muito controversa durante o tempo de sua vida. Mas dizem que no escritório dele havia uma escrivaninha agradável de madeira, e sobre a escrivaninha havia um enorme quadro, um texto que ele escreveu e emoldurou com ouro, onde estava escrito: “Deus está morto,” e assinado “Nietzsche.” Então no momento quando colocou esse quadro na parede, Nietzsche o estava admirando, olhando para a bela moldura de ouro, pensando sobre seu brilhantismo como filósofo, e de repente ele teve um ataque cardíaco. Ele imediatamente despertou diante de um portão perolado. Ele estava no Portão Perolado neste momento, e então ele disse: “Deixe-me entrar por estes portões perolados!” Então os portões se abriram e diante dele havia uma nuvem espessa. E ele caminhou através dessa nuvem. Quando passou pela nuvem, ele viu uma escrivaninha parecida com a dele. Entretanto, ela não era de madeira; era de ouro, feita de ouro maciço. E sobre a escrivaninha parecida com a que ele tinha, sobre essa escrivaninha de ouro, havia um quadro escrito que dizia: “Nietzsche está morto,” e estava assinado: “Deus.”

 

 

 Estória contada pelo Rev. Hyung Jin Moon no sermão “Coragem para Admitir Imperfeições” do dia 06 de outubro de 2007.  

Anúncios

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s