Caminho do Senhor Endireitado por 172 Ministros Cristãos

Com pouco mais de duas semanas de antecedência, 172 ministros da Conferência de Liderança do Clero Americano (ACLC) de muitas denominações e crenças atenderam ao chamado dos Verdadeiros Pais para cancelarem todas as coisas em suas agendas entre 9 de setembro a 24 de setembro de 2011 a fim de se juntarem a uma turnê histórica na Coreia. A maioria são membros da ACLC e sabem que nosso movimento tem uma propensão de chamar para eventos com uma prazo muito curto. Contudo, estava óbvio para todos que esta era uma missão séria e importante.

Eles estavam sendo chamados para fazer história, e eles sabiam disto. Eles foram informados de antemão que o Verdadeiro Pai tinha chamado 172 ministros, 43 de cada quadrante de Norte, Sul, Leste e Oeste dos Estados Unidos, para irem para a Coreia representando a América, a Cristandade e o mundo inteiro, com o propósito de se registrarem no Reino de Deus e testemunharem que Deus tinha ungido o Rev. Moon. Ir para a Coreia representou uma oferta de gratidão em retorno por tudo que os Verdadeiros Pais fizeram pela América e pelo mundo. Em um sentido estratégico, o clero, que entende e apóia a missão histórica do Rev. Moon a partir de mais de 77 diferentes denominações religiosas foi reunido através de uma causa singular. Ao se reunirem e se tornarem parte de uma família coreana e mudarem seus nomes, foi dado um poderoso testemunho para o povo coreano dos frutos da obra do Rev. Moon para remover todas as barreiras entre raça e denominação, e para trazer todos para a unidade. Através da proclamação de que a Coreia é a Pátria e Terra Natal de Deus, eles afirmaram que Deus tinha escolhido esta nação para ser a base para o Reino de Deus e a cultura familiar que honra os mais velhos e tem fidelidade em cada aspecto da família – desde o matrimônio até a piedade filial dos filhos para seus pais.

Os ministros tomaram parte de muitas atividades incríveis na Coreia. Vamos tentar fornecer uma visão geral da viagem dos ministros, com um foco nos aspectos da viagem que ainda não foram relatados. Ao longo das duas semanas que os ministros visitaram a Coreia, os Verdadeiros Pais passaram muito tempo falando a eles e orientando-os diretamente. No dia 10 de setembro de 2011, na mesma noite da chegada dos ministros, os Verdadeiros Pais foram recepcioná-los. Apesar de ser um pouco tarde (depois das 21 horas), o Verdadeiro Pai leu e explicou um recente discurso Declaração Cósmica para os ministros. Ele passou por todo o discurso e avaliou se os ministros que tinham vindo eram dignos da tarefa que o Pai tinha para eles.

Ministros Recebem os Ensinamentos do Verdadeiro Pai

Na manhã seguinte, os ministros entraram em vários ônibus para um passeio de dez horas até Yeosu, uma cidade na costa sul da península coreana. A partir de lá, eles tomaram barcas para a Ilha Geomun, cerca de duas horas distante da costa, para participarem de uma cerimônia de dedicação do Palácio de Justiça Celeste (Ocean Cheon Jeong Gung). Este foi outro Palácio de Justiça Celeste a ser dedicado, depois do primeiro palácio em Cheong Pyeong que foi dedicado no dia 13 de junho de 2006. Os ministros tiveram que suportar longas viagens de ônibus através de tráfego pesado, viagens de barco e um sol quente durante o dia da cerimônia de dedicação antes que eles pudessem voltar para Cheong Pyeong. Os Verdadeiros Pais também permitiram que os ministros fossem pescar.

Depois de retornarem para Cheong Pyeong, os ministros receberam outro deleite de ouvir o Verdadeiro Pai, que falou a eles desde as 5 horas da manhã até cerca de 8:30 da manhã do dia 14 de setembro de 2011. O Verdadeiro Pai começou explicando João 3:16-19 e dando orientação interna sobre o curso de Jesus. Mais tarde, durante o encontro, o Pai enfatizou que todos os ministros que ainda não tinham feito, deveriam receber a Bênção dos Verdadeiros Pais e trilhar o caminho de indenização. O Verdadeiro Pai deu a direção para o Rev. Sun Jo Hwang para orientar todo o povo coreano através do mesmo processo o mais breve possível.

No mesmo dia que os Verdadeiros Pais falaram a eles, e continuaram mais tarde nos dias 19 a 21, os ministros receberam quatro dias de educação sobre Substância Original do Princípio Divino (SOPD). O conferencista do que costumava ser conhecido como palestras do Princípio Divino Original (PDO), o Rev. Jeong Ok Eu, disse para os participantes que “Substância Original do Princípio Divino” é a melhor tradução do título coreano para as palestras. SOPD representa um resumo dos ensinamentos do Verdadeiro Pai sobre o Ser Original (Deus), os Princípios de Criação e os Princípios de Restauração.

No dia 15 de setembro de 2011, os ministros viajaram para Seul para participar da inauguração das estátuas em homenagem à unidade de todas as tradições religiosas (Jesus, Maomé, Confúcio e Buda) no Cheon Bok Gung (Palácio das Bênçãos Celestiais), que é também a igreja onde o Rev. Hyung Jin Moon, o presidente internacional da Igreja de Unificação, serve como pastor.

Os Verdadeiros Pais Concedem Sobrenomes Coreanos para o Clero

No dia 16 de setembro de 2011, uma grande cerimônia para a concessão de sobrenomes coreanos foi realizada. Às 9 horas da manhã, todos os 172 ministros participaram em um ensaio geral da cerimônia na qual eles praticavam entrar na sala juntamente com 172 representantes de clãs coreanos. Quando a cerimônia principal começou às 10:30 da manhã, os Verdadeiros Pais entraram primeiro e receberam uma inclinação de todos os participantes. Os Verdadeiros Pais sentaram na frente no palco enquanto quatorze grupos de doze pares do Clero Americano e representantes de clãs coreanos entraram e inclinaram para os Verdadeiros Pais. Cada um do Clero já tinha recebido um sobrenome coreano, por isso eles entraram juntamente com um representante do clã ao qual pertencia o sobrenome. Depois de entrarem em fila dupla, eles mudaram para fila simples e ofereciam uma inclinação para os Verdadeiros Pais.

Durante esta cerimônia, o Presidente Internacional Hyung Jin Moon falou aos ministros, os representantes dos clãs e mais de 200 pessoas que encheram o Ginásio do Centro de Treinamento da Juventude de Cheongshim. Doze representantes dos ministros subiram ao palco para receber certificados dos sobrenomes coreanos e registros do Cheon Il Guk dos Verdadeiros Pais. Registo, neste contexto, se refere a ter o nome de uma pessoa colocado em um registro familiar. Houve a assinatura de um certificado de “cerimônia de irmandade,” significando a união de cada ministro americano e um representante de clã coreano, seguido de um Juramento de Registro por todos os ministros para os Verdadeiros Pais. O Rev. Sun Jo Hwang, o mestre de cerimônias, explicou que esta cerimônia significava um método para todos da humanidade se tornarem uma única família como se tornando parte do registro familiar coreano.

Após receberem sobrenomes coreanos e criarem laços com representantes dos clãs coreanos, os ministros foram para o Palácio Celeste da Justiça para tirarem uma foto em grupo com os Verdadeiros Pais e fazerem um breve passeio. À tarde, todos os ministros foram divididos em dezessete grupos diferentes e foram enviados para as dezessete maiores cidades da Coreia. Durante os dias seguintes, eles se encontraram com oficiais eleitos dos governos locais, falaram com Embaixadores para a Paz (aliados religiosos do Unificacionismo), e participaram de cultos da Igreja de Unificação. Os ministros relataram calorosa recepção e o Rev. Hwang testemunhou mais tarde que a visita dos ministros moveu profundamente o coração dos membros da igreja coreana e Embaixadores para a Paz.

Visita dos Ministros pela Unificação da Coreia à Zona Desmilitarizada

No dia 22 de setembro de 2011, os ministros e líderes Unificacionistas deixaram mensagens de paz escritas à mão na “Ponte da Liberdade” sobre a Zona Desmilitarizada separando Norte e Sul da Coreia. Entre os vários oradores no local estava o Dr. Kim, ex-presidente da Universidade Joong Ang e atual presidente da Associação dos Embaixadores para a Paz na Coreia, que pediu por uma oração “para o estabelecimento da paz e a unificação pacífica da Coreia.” Ele também pediu que todos os Embaixadores para a Paz participassem neste movimento sagrado de paz, lembrando a grande realização do Rev. Moon quando ele encontrou o antigo ditador Kim Il Sung na Coreia do Norte em 1991, e congratulou a ACLC pelo evento de promoção da paz e da unificação. Este evento foi especialmente significativo sendo que os ministros tinham recebido sobrenomes coreanos e tinham se tornado membros de clãs coreanos.

Após terem recebido educação sobre SOPD, os ministros foram para o palácio mais uma vez para receberem palavras dos Verdadeiros Pais. O Verdadeiro Pai disse que estava triste por ver os ministros indo embora e expressou que ele gostaria que os ministros ficassem na Coreia por mais tempo. Um grupo de doze ministros ficou na Coreia por mais alguns dias em resposta aos desejos expressos do Verdadeiro Pai.

Anúncios

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s