Habilidades de Relacionamento

large (1)

Boas habilidades de relacionamento fazem parte de um bom líder de sua própria vida e/ou um líder de outras pessoas. Boas habilidades de relacionamento estão relacionadas ao caráter, e podem ser aprendidas e desenvolvidas. Estamos destinados a aprender estas habilidades principalmente na família, mas também na escola, com nossos amigos, colegas de equipe, etc. Podemos sempre aprender mais e aprimorar nossas habilidades de relacionamento e corrigir a nós mesmos, quando não tivermos aprendido corretamente.

Habilidades de relacionamento envolvem, entre outras coisas, compreender nosso valor, verificar nossas atitudes, desenvolver bons hábitos, e lidar bem com a raiva e outras emoções.

COMPREENDER NOSSO VALOR

Compreender nosso valor significa que compreendemos nossa dignidade como seres humanos. Este é um valor que ninguém pode tirar de nós. Se somos incapazes de aceitar a nós mesmos desta maneira fundamental, viremos para nossos relacionamentos não em um senso de abundância, mas com um senso de indigência. Estaremos nos relacionamentos mais para receber do que para dar. Estaremos confiando e colocando um fardo injusto sobre os outros para nos fazer sentir valiosos. Certamente, eles cansarão de desempenhar este papel, e o relacionamento acabará.

Teste quão valioso você se sente: A Escala de Auto-estima de Rosenberg

 Depois de cada afirmação, escreva uma das seguintes respostas: CB = Concordo Bastante, C = Concordo, D = Discordo, DB = Discordo Bastante.

1. Eu sinto que sou uma pessoa de valor, ao menos em nível igual aos outros.

2. Eu sinto que tenho um número de boas qualidades.

3. Além de tudo, eu estou inclinado a sentir que sou um fracasso.

4. Eu sou capaz de fazer coisas tão bem quanto à maioria das outras pessoas.

5. Eu sinto que não tenho muito do que me orgulhar.

6. Eu assumo uma atitude positiva em relação a mim mesmo.

7. Como um todo, estou satisfeito comigo mesmo.

8. Eu gostaria de poder ter mais respeito por mim mesmo.

9. Eu certamente me sinto inútil às vezes.

10. às vezes penso que não sou bom o suficiente.

Pontue-se desta forma:

Para as afirmações 1, 2, 4 , 6  e 7, dê os seguintes pontos para suas respostas:

CB = 3

C  = 2

D  = 1

DB = 0

Para as afirmações 3, 5, 8, 9 e 10 dê os seguintes pontos para suas respostas:

 CB = 0

C  = 1

D  = 2

DB = 3

Some toda a pontuação. Se você pontuou entre 15 a 25, você está dentro da normalidade do sentimento de valor e dignidade. Se você pontuou abaixo de 15, sua auto-estima está baixa, e é preciso levantar sua auto-imagem.

VERIFICAR NOSSAS ATITUDES

Desenvolver e manter uma atitude positiva é uma importante habilidade de liderança. Ninguém gosta de estar ao lado de alguém que só reclama ou alguém que é sempre infeliz e crítico. Ser capaz de perceber e controlar nosso próprio humor terá um grande impacto em nossos relacionamentos.

Não são nossas circunstâncias que determinam nossa atitude; somos nós. A vida tem escolhas por toda parte. Cada situação é uma escolha. Escolhemos como reagir diante das situações. Escolhemos como as pessoas afetarão nosso humor. Se algo ruim acontece, a pessoa pode escolher se sentir arrependido por isto – ou aprender e trazer a melhor coisa que ele ou ela pode a partir disto.

Saltando para trás com uma Atitude Positiva

Bill estava triste. Ele não tinha sido chamado para o time de basquetebol. Ele tinha participado no último ano, mas este ano ele tentou, mas ficou de fora por causa do tornozelo dolorido devido a um deslocamento de algumas semanas antes. Devido ao seu tornozelo dolorido, ele não pôde dar seu melhor, e o técnico o cortou do time.

Ele tentou dizer para si mesmo não ficar preocupado, mas ele estava tão lento e triste pela casa que sua mãe disse: “Você está desapontado.”

Bill admitiu: “Sim, eu estou desapontado. Isto me faz imaginar se sou bom o suficiente para até mesmo tentar entrar de novo no time.”

“Qualquer um estaria desapontado,” disse sua mãe. “Mas talvez isto seja uma bênção disfarçada. Seu tornozelo dolorido precisa de tempo para se curar. Ele não curaria direito se você jogasse assim. Se ele não curar direito, poderá impedir você de participar mais tarde em muitos diferentes jogos e esportes.”

Quando Bill pensou sobre isto desta maneira, seu espírito se acalmou. Era verdade; seu tornozelo ainda não estava pronto para jogar. Talvez ele apenas precisasse de tempo. Ele poderia tentar entrar no time novamente no próximo ano.

Bill sorriu de alegria. “O que tem para o jantar, mamãe?”

Anúncios

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s