A Família com Apenas Um dos Pais

Por várias razões, muitos filhos no mundo atual estão crescendo em lares onde um dos pais ou os dois está faltando. Esta situação pode ser devido à morte de um deles, ou devido ao divórcio. Alguns pais têm sérios problemas pessoais (tais como doenças físicas ou mentais, abuso de drogas, ou outras dificuldades) e não podem cuidar adequadamente de seus filhos. Em tais casos, uma criança pode ser tomada pelas autoridades para viver com outra pessoa, preferencialmente outro familiar próximo. Em décadas recentes muitos casais também tiveram filhos sem o matrimônio. Em muitos destes casos, a mãe acaba criando os filhos sozinha.

Famílias com apenas um dos pais existem ao nosso redor. Você provavelmente conhece filhos que vivem com apenas a mãe, ou o pai, avós, ou outros familiares. Talvez esta seja sua situação. Famílias com apenas um dos pais são incomum atualmente. As pessoas nestas situações estão enfrentando as dificuldades da vida da melhor forma que podem, e muitas estão fazendo heróico auto-sacrifício. Algumas têm poucas escolhas sobre suas situações; as dificuldades deles foram além do alcance de respostas fáceis e disponíveis.

Deve ser reconhecido que a maioria dos filhos sonham sobre uma família onde eles são abraçados pelo amor de um pai e uma mãe juntos. A maioria dos filhos cujos pais se divorciaram, esperam que algum dia seus pais se reconciliem. A maioria destas esperanças e sonhos não se tornarão verdade. Se este é o caso em uma família, o desafio para os membros dessa família é se tornarem bem ajustados e pessoas amorosas, a despeito de não terem circunstâncias ideais. (Nem todos os filhos em lares com os dois pais têm circunstâncias ideais também!) Não importa de que tipo de família viemos, todos enfrentamos desafios de um tipo ou de outro. Precisamos encontrar uma dimensão positiva em qualquer situação, não importa quão injusta ou difícil possa parecer. Somente então podemos crescer a partir da experiência e tornar isto algo benéfico. Todos os grandes homens e mulheres têm suas próprias circunstâncias difíceis para superar – algumas bastante severas. Muitos diriam que sem tais obstáculos, eles não teriam desenvolvido a capacidade de realizar o que eles realizaram.

SUPERANDO DIFICULDADE

Superar dificuldades na vida pode ajudar a nos tornarmos pessoas mais amáveis e responsáveis, se temos a energia e a força interior para superá-las. Trabalhar através dos desafios da vida nos dá as experiências que precisamos para auxiliar aqueles ao nosso redor que precisam de apoio e compreensão também. Em qualquer situação, uma chave é não se concentrar em seus próprios problemas. Ao invés, Ajudar os outros, a despeito de suas dificuldades. Ao fazer isso, você pode descobrir que seus próprios problemas estão resolvidos. Parece ser da natureza humana, comparar nossas próprias circunstâncias com os outros cujas vidas parecem ser mais fáceis. Tomando este ponto de vista, convencemos a nós mesmos que temos sido prejudicados ou que os outros têm mais do que nós. Então, muito naturalmente, começamos a perguntar para nós mesmos: “Porque eu? O que eu fiz para merecer isto? Porque eu sou pior do que os outros?” podemos começar a ostentar uma raiva, nos tornarmos mal-humorados, ou não ver mais nada além da terrível injustiça de nossa situação. Ao invés de resolver nossos problemas, eles apenas começam a ficar piores. Acabamos nos sentindo sem esperança. Se ao invés lembramos de alguém cuja vida está mais difícil do que a nossa (há sempre alguém!) podemos descobrir alguma medida de gratidão, e reunir a força para superar nossos desafios. Não importa quais sejam nossas circunstâncias, podemos sempre encontrar aqueles que estão piores do que estamos. Se estamos sem um pai devido ao divórcio ou morte, vamos lembrar os órfãos que estão sem quaisquer pais, ou alguém que também está sem lar.

História de Pedro:

“É fácil sentir pena de si mesmo,” disse Pedro, um adolescente cujos pais passaram por um sórdido divórcio no ano passado. “E eu fiz isso! Mas então pensei sobre Karl. Eu sempre pensei que Karl tivesse passado por isto. Karl era um dos mais bem apessoados rapazes em nossa turma e as meninas mais populares queriam sair com ele. Ele era um atleta estrela e conseguia boas notas, e a mãe e o pai dele pareciam tão simpáticos. Eu amaldiçoava quando pensava sobre quão sortudo ele era comparado comigo.

Então seu irmão mais velho morreu em um acidente de carro quando Karl estava no segundo ano. Um ano mais tarde, sua mãe foi diagnosticada com câncer e morreu durante o ano de formatura de Karl. Você poderia ver quando Karl estava transtornado. Ele sempre parecia perplexo e zangado com o que aconteceu com sua família. Quando eu comparei minha situação com a dele, eu parei de sentir pesar sobre mim mesmo. Meus pais estavam saudáveis e estávamos todos os irmãos e irmãs juntos. Sim, às vezes temos momentos difíceis, mas ao menos estamos ainda todos no mundo, e ainda falamos uns com os outros. Todo mundo tem alguma coisa com a qual está lutando – mesmo aqueles cujas vidas parecem tão perfeitas.”

O LAR SOMENTE DE UMA MÃE

Se você é um filho em uma família encabeçada somente por sua mãe (como a maioria das famílias de um só pai são) pode ser útil observar a situação a partir da perspectiva de sua mãe. Então você compreenderá quanto mais difícil isto deve ser para ela do que para você. Ao menos você tem sua vida, com todas suas possibilidades. Sua mãe, por outro lado, está em uma situação onde, pela necessidade, ela deve trabalhar duro apenas para que a família que ela já criou possa sobreviver. Você pode imaginar quão difícil isto deve ser para ela? Sua mãe muitas vezes esconde os problemas dela de você. Quando você compreende quanto ela está sofrendo, seus problemas pessoais não parecerão mais tão ruins.

Em sua juventude, sua mãe deve ter tido muitos sonhos para a vida dela. Ela nunca imaginou que alguns desses sonhos não se tornariam realidade. Ela espera que seus sonhos se tornem realidade. Você é a esperança mais radiante dela agora. A melhor coisa que você pode fazer é tentar ser maduro e se tornar uma pessoa de quem sua mãe possa depender. O que isto significa na prática? Isto pode significar ajudar a limpar a casa, consertar as coisas, lavar a roupa, lavar a louça, e ser fonte de apoio. Fazer tais coisas demonstra que você está crescido o suficiente para compartilhar algumas das responsabilidades da família. Isto também significa sentir alguma responsabilidade pela situação de sua família. Quando dificuldades surgem em casa, você está pronto para tomar parte do problema e dar apoio para sua família. Isto fará a vida da sua mãe mais fácil, e ajudará você mais tarde quando tiver sua própria família.

Sem um pai em casa, pode ser mais difícil compreender os homens em geral, se você é uma garota, ou como se tornar um homem responsável, se você é um garoto. Se seu pai abandonou ou magoou sua mãe de alguma maneira, você poderia desenvolver uma impressão negativa sobre os homens. Sob estas circunstâncias, é bom encontrar alguém que também possa desempenhar o papel de uma figura paterna, como um tio, um professor, ou o avô. Ter um relacionamento saudável com uma figura paterna demonstrará a você um bom modelo de um homem, e ajudará você a superar muitos dos desafios que tipicamente surgem durante os anos da adolescência.

O LAR SOMENTE DE UM PAI

Em alguns casos, somente o pai está criando os filhos. É difícil para um homem ser tanto a mãe como o pai. O lado suave, gentil e carinhoso da maternidade não pode vir naturalmente para ele. Pela natureza, um pai pode querer ser firme, disciplinador, e manter os filhos em linha com regras. O trabalho doméstico e cozinhar podem ser coisas nas quais ele pode nunca ter sido treinado, ao contrário de uma mãe que provavelmente aprendeu algo sobre estas tarefas a partir de sua própria mãe.

Ele pode descobrir dificuldades especialmente no que se refere ao crescimento de uma garota. Ou ele poderia, sem querer, fazer seus filhos, especialmente os filhos meninos, pensarem que as mulheres não são confiáveis. Isto é especialmente verdadeiro, se ele tiver sido vítima de divórcio por infidelidade. Se sua esposa se foi porque morreu, ele tem sua própria aflição e solidão para superar, como também a aflição e solidão de seus filhos. Novamente, buscar uma mulher para servir como uma figura materna é muito útil para aqueles que estão crescendo nessa situação. Uma parenta, professora, vizinha, ou colega da comunidade pode fornecer algo do lado feminino do amor. Simpatizar com o pai solitário, e tentar compreender quão difícil a vida deve ser para ele sem uma parceira para compartilhar responsabilidades adultas, ajudará os filhos que estão nestas circunstâncias a enfrentarem suas próprias perdas.

DIFICULDADES PODEM FAZER UMA PESSOA MELHOR

Abrigar ressentimento pela perda de um dos pais pode criar desafios. É melhor descobrir algo positivo sobre a situação. Por exemplo, você poderia ter um coração mais compassivo para aqueles em circunstâncias difíceis do que alguém com ambos os pais. Você poderia desenvolver a capacidade para sentir mais facilmente a dor e os problemas dos outros. Você poderia se tornar uma pessoa muito mais capaz e competente do que seus amigos, porque você tem que aprender como fazer as coisas crescerem mais facilmente. Você pode se tornar uma pessoa que é capaz de superar dificuldades com confiança e dignidade. Estas são coisas pelas quais ser grato.  Em um capítulo anterior, discutimos como os filhos da Grande Depressão se tornaram pessoas melhores e mais maduras quando suas circunstâncias familiares estavam tão difíceis que eles foram forçados a trabalharem com pouca idade. Quando eles sentiram falta de muitas coisas materiais, estes filhos tiveram que se tornar maduros, responsáveis, e pessoas centradas na família enquanto eles cresciam – mais do que os filhos de quem não teve esses problemas. O caráter deles foi realmente ajudado, e não prejudicado, pela Grande Depressão.

“Meu Início não Ditará Meu Fim”

Jacqueline cresceu em um lar somente de uma mãe. Ela era a filha de uma adolescente prostituta. Elas viviam em uma grande cidade, e sua vizinhança era aglomerada, pobre e perigosa. Ela foi abusada sexualmente por vários homens enquanto era uma jovem garota.

Quando o seu tio a tirou dessa situação, Jacqueline foi trabalhar para reparar sua vida e se tornar uma pessoa de sucesso. Ela se tornou uma líder em uma importante empresa nos Estados Unidos. Ela recusou estar com raiva ou sentir pesar por si mesma. O lema dela era: “Meu início não ditará meu fim.” O psicólogo C. Terry Warner disse sobre ela: “Todos… descobriram suas calorosas boas-vindas… e ao meio-dia, e depois do trabalho as pessoas esperariam fora do escritório dela por uma oportunidade de falar com ela sobre seus problemas.”

Embora Jacqueline teve que superar coisas quem nenhuma pessoa deveria ter em sua situação familiar, ela superou suas experiências ao ponto onde as outras pessoas descobriram apoio nela, para os problemas de suas próprias vidas. Ela se tornou uma pessoa cercada por pessoas necessitadas e que queriam amistosidade e força que ela tinha desenvolvido por si mesma.

C. Terry Warner, Bonds That Make Us Free, The Arbinger Institute, Inc, Shadow Mountain Press, 2001, p. 281.           

APRENDENDO DO PASSADO PARA UM AMANHÃ MELHOR

Compreender como as situações de um lar com apenas um dos pais, em primeiro lugar pode ajudar você a evitar ou prevenir algumas das circunstâncias que conduzem a elas para sua futura família.

Todos queremos amor. Mas amor é facilmente confundido com gamação, o que no mundo atual freqüentemente faz com que as pessoas se envolvam precocemente em atividade sexual sem pensar nas conseqüências. Se a garota fica grávida, o que você acha que acontecerá a seguir? Quase com certeza o filho crescerá sem um pai. Mesmo se o pai se casar com a mãe, as estatísticas demonstram que estes tipos de matrimônios freqüentemente não são muito estáveis e duradouros.

Esta é uma preocupação não somente para garotas, mas para garotos também. Como o jovem pai de um bebê sentiria, sabendo que ele tem um filho em algum lugar que está crescendo sem ele? Muitos homens são assombrados por tal entendimento. Outros imaginam se tiveram um filho em algum lugar que eles nunca souberam. Mais tarde na vida, alguns são atormentados pela culpa, medo e dúvida, por causa destas preocupações. Se pensamos sobre tais coisas, poderíamos ser conduzidos a tomar decisões mais responsáveis sobre nossa sexualidade, adiando o sexo até o matrimônio.

Sendo que o divórcio é a causa de muitas famílias de apenas um dos pais, agora é um bom momento para estar preparado para seu futuro matrimônio, para que este seu bem sucedido. Como dissemos no último capítulo, haverá naturalmente problemas e conflitos em seu matrimônio, mesmo no melhor dos relacionamentos. Como você irá superá-los? Divórcio muitas vezes parece uma opção desejável, ao invés de fazer o trabalho mais difícil e às vezes doloroso para superar os problemas em um relacionamento. Contudo, se as pessoas se divorciam, o que acontece aos filhos? É útil compreender as realidades do matrimônio antes de entrar em um relacionamento sério. É importante desenvolver o compromisso para enfrentar os problemas quando eles surgem, ao invés de confiar na opção do divórcio. Você pode estar trabalhando sua capacidade de fazer e confiar em seus compromissos agora, enquanto está ainda crescendo. Você pode estar trabalhando as virtudes que farão de você um cônjuge melhor e mais desejável. Você pode estar agora desenvolvendo o amor altruísta que cria matrimônios mais românticos e satisfatórios para servir as pessoas em seu lar, escola, e comunidade.

ALGUMAS ÚLTIMAS PALAVRAS

Uma chave para manter seus espíritos elevados quando sua situação familiar é desafiadora, é nunca culpar a si mesmo, se um de seus pais não está lá por qualquer razão. Nunca é falta dos filhos quando os pais se separam. O relacionamento de seus pais não era sua responsabilidade.

Se eles são pais separados, seus pais provavelmente têm parte na dificuldade. É importante não julgar ou acusar eles ou o parceiro ausente pelo que pode ter ocorrido. O que você pode fazer, é tentar apoiá-los e se determinar a compreender para não repetir os erros deles. Quanto mais você se esforça para se tornar uma pessoa madura, virtuosa e responsável, mais brilhante o futuro será para você. Ver você feliz estabelecendo uma família estável para si mesmo, será um grande conforto para seus paise ajudará que alguns dos sonhos deles se tornem realidade.

Anúncios

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s