[As Três Grandes Bênçãos] A Terceira Bênção: Mundo Próspero

A terceira bênção, “enchei” a terra e “sujeitai-a”, significa cuidar do ambiente natural com amor verdadeiro e investir na cultura e civilização humana através do trabalho e todas as outras atividades criativas. Assim, a terceira bênção nos concede a responsabilidade para criar um mundo próspero.

beautiful world

Os desejos de fazer uma contribuição para a sociedade, apreciar e cuidar do mundo natural são acréscimos da capacidade da humanidade da Terceira Grande Bênção para criar um mundo próspero. Na linguagem bíblica, isto significa ter domínio ou assumir a administração.

Isto significa exercer liderança cuidadosa sobre o que recebemos e abençoar os outros com isto – ou seja, outra forma para dar amor verdadeiro para os outros. No caso da natureza, ela é o “outro” a ser amado, mas desta forma, são as gerações futuras que se beneficiarão pela administração sensata dos preciosos recursos da terra. O Reverendo Moon incentiva as pessoas a pensarem sobre as gerações futuras em seu uso diário da água, materiais descartáveis e dinheiro. Conservação, ele diz, é uma forma de amar os outros que ainda não nasceram.

O mundo tem nos nutrido; em retorno, devemos nutrir o mundo. Martin Luther King uma vez disse que devido às invenções, inovações, os sacrifícios e o gênio de pessoas de todo o mundo, estamos em dívida com muitos: Quer percebamos ou não, cada um de nós está eternamente “no vermelho”. Somos eternos devedores em relação à homens e mulheres conhecidos ou desconhecidos… Quando nos levantamos de manhã, vamos para o banheiro, onde alcançamos uma esponja que é fornecida a nós por um habitante de ilha do Pacífico. Alcançamos o sabonete que é criado para nós por um francês. A toalha é fornecida por um turco. Então na mesa tomamos café que é fornecido por alguém da América do Sul, ou chá fornecido por um chinês, ou cacau fornecido por alguém do oeste africano. Antes de sairmos para o nosso trabalho, já estamos em dívida com mais da metade do mundo. ¹

Sentir gratidão e consideração pelo mundo nos faz considerar o melhor uso dos recursos preciosos, formas para distribuir igualmente a riqueza, alimentos e cuidados de saúde, e formas nas quais trazer nossos dons originais únicos para resolver os problemas do mundo.

Estas são preocupações de Deus, pois, como Jesus disse, quando não alimentamos os famintos, quando não vestimos os nus, quando não visitamos os doentes e aprisionados, estamos de fato ignorando-os. O terceiro propósito chave para nos trazer mais próximos de um reino que inclua todos que vivem e que retornam os dons e talentos com os quais os seres humanos foram dotados para beneficiar o mundo como um todo.

Assemelhar a Deus Através das Três Grandes Bênçãos 

friends and the world

As Três Grandes Bênçãos são o roteiro para a jornada na direção do amor verdadeiro. Cada uma delas envolve o desenvolvimento e expressão das habilidades das pessoas para viverem para o benefício dos outros, ao invés delas mesmas. Neste sentido, estes imperativos inatos fornecem um modelo para se assemelhar ao maior exemplar de amor verdadeiro – Deus.

As Escrituras têm Deus declarando antes de Seus filhos nascerem: “Façamos o homem à nossa imagem, conforme nossa semelhança” (Genesis 1:26). Pessoas agradam Deus quando elas refletem Sua natureza virtuosa de volta para Ele. Jesus exortou seus seguidores a “Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus” (Mateus 5:48). Um Hadith Muçulmano diz: “Conforme-se ao caráter de Deus”.² O I Ching afirma: “O homem Superior reflete em sua pessoa a virtude do Céu” (I Ching 35; Progresso).³

O Cumprimento das Três Bênçãos Reflete Deus

Jesus foi um exemplo de alguém que cumpriu a Primeira Bênção. Suas ações  estavam bem integradas com os mais elevados ditames de sua mente, que Ele existia em um relacionamento de unidade com Deus. “Eu estou no Pai, e o Pai em mim”, ele disse (João 14:11). Jesus participou da natureza de Deus em sua própria natureza, herdando Sua sabedoria e amor, e refletindo Seu coração e caráter perfeitamente. De uma forma semelhante, Maomé uma vez disse: “Quem pode me ver, pode ver Deus” (Hadith de Bukhari e Islamismo) e Buda disse: “Aquele que me vê, vê o Dharma” (Samyutta Nikaya iii. 120). Este nível de Divindade é a herança de todas as pessoas, legada a Adão, e ainda não cumprida. Pela unidade e seguindo os mensageiros de Deus, as pessoas crescem na direção da maior maturidade de caráter e do ser para refletir a natureza de Deus como verdadeiros filhos e filhas, talvez algum dia justificando a mesma declaração divina como Jesus recebeu: “Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo” (Mateus 3:17).

______________________

¹ Martin Luther King, Strengh to Love (Philadelphia: Fortress Press, 1981). p. 70.
² Yaser Nuri Ozturk, comp., for World Scripture: A Comparative Anthology of Sacred  Texts (New York: Paragon House, 1991). p.140.

³ John Blofield, trad., I Ching, The Book of  Change (London: George Allen & Unwin, 1965).

Fonte: Livro “Educar para o Amor Verdadeiro – Explicando o Pensamento de Sun Myung Moon sobre moralidade, família e sociedade.” p. 38.
Você pode encontrar o conteúdo na íntegra clicando aqui.

Anúncios

1 Comment

  1. Uma coisa que muitas pessoas não sabem é que o mundo de penúria nunca foi o plano original de Deus. Foi só por causa da queda humana que começou na terra a situação de penúria e miséria. Para confirmação, veja o capítulo 3 do Gênesis.

    No reino de Deus na terra, o que existe é uma sociedade de opulência. Isso é porque a opulência foi sempre o plano original de Deus. O motivo é que as pessoas produzirão mais riquezas do que poderão consumir. Com essa opulência, as pessoas farão da nossa querida terra um paraíso terrestre, tal como Deus tinha planejado para seus filhos e filhas.

    Paulo

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s