A Vida de Esposo e Esposa em uma Família Abençoada

Famílias abençoadas devem renunciar ao conceito de vida convencional. O casal ideal que Deus originalmente desejava devia retornar glória a Deus, mas ao invés, o casal decaído retornou tristeza para Deus. Há a deslealdade do arcanjo como também a irresponsabilidade de Adão e Eva. O arcanjo estava destinado a estabelecer a condição de lealdade e piedade filial em relação a Deus, mas ele falhou em fazer isso. Portanto, a providência de restauração deve estabelecer condições de lealdade, piedade filial e amor virtuoso.

Embora nós, como pessoas decaídas, tentamos estabelecer essas condições de amor, não podemos alcançar o padrão original porque o inimigo interfere com nossa lealdade, piedade filial e virtude. É fácil falarmos e pensarmos sobre nos tornarmos leais à nação, dedicados aos nossos pais e fiéis aos nossos cônjuges, mas a lealdade, a piedade filial e o amor virtuoso originais são diferentes do que imaginamos. Esse é o motivo pelo qual precisamos do ponto central.

Porque Deus esteve estabelecendo o centro de coração de lealdade, piedade filial e virtude no amor, toda religião e moralidade deve seguir este padrão. Todas as pessoas religiosas e Jesus  estiveram tentando estabelecer a família para o propósito de estabelecer a condição de lealdade, piedade filial e virtude no amor. Deus estabeleceu a nação de Israel a fim de procurar por essa família. Jesus poderia ter feito Satanás se render se ele tivesse primeiro estabelecido a moralidade de lealdade, piedade filial e virtude no amor, e então ele teria se tornado o sacerdote para expandir essas condições. Quando filhos amadurecem, eles devem substituir a doutrina de Deus com Sua substância.

Continuar a ler

Anúncios

O Verdadeiro Significado do Natal

Feliz Natal! Em mais alguns dias o ano de 2017* terá acabado. Quando outro ano se passa, isto denota que estamos nos tornando um ano mais velhos, e também que estamos muito mais perto do mundo espiritual. Essa poderia ser uma afirmação pessimista, mas de fato o mundo espiritual é nosso destino definitivo, e ele não é um mundo ruim ao se olhar em frente.

Qual é o verdadeiro significado do Natal e porque o celebramos? Isto não é feito para o benefício da América ou para o benefício do mundo. Celebramos o nascimento de Jesus Cristo. A questão central deste dia é que tipo de Natal Jesus teria desejado.

Quem enviou Jesus? Deus o enviou, e Deus tinha uma determinada vontade ao enviar Seu filho. Considerando a situação política naquela parte do mundo naquele tempo, que tipo de Natal Deus teria desejado que as pessoas celebrassem? Quem deveria ter sido a primeira pessoa ou povo a celebrar o nascimento de Jesus? Não o próprio Jesus, certamente, porque ele tinha acabado de nascer. A primeira pessoa a verdadeiramente celebrar deveria ter sido o próprio Deus, que ocasionou o nascimento de Seu filho. Além disso, os anjos e todo o mundo espiritual se juntariam, glorificando e louvando esse grande dia. Entretanto, aqui na terra o nascimento de Jesus foi recebido em silêncio porque apenas algumas pessoas sabiam de sua vinda. Podemos ver que o nascimento de Jesus foi verdadeiramente celebrado no céu, centrando em Deus, mas na terra dificilmente alguma celebração ocorreu.

O mundo cristão honra o Natal através da criação de cenas da natividade de Jesus em uma manjedoura. De fato, uma  manjedoura é um lugar muito humilde. Eles ficam orgulhosos de Jesus ser colocado em uma manjedoura, mas é neste tipo de lugar que o filho de Deus, o Rei dos Reis, deveria nascer? Vocês acham que Deus verdadeiramente desejava que Seu filho nascesse em um estábulo?

Continuar a ler