O Verdadeiro Significado do Natal

Feliz Natal! Em mais alguns dias o ano de 2017* terá acabado. Quando outro ano se passa, isto denota que estamos nos tornando um ano mais velhos, e também que estamos muito mais perto do mundo espiritual. Essa poderia ser uma afirmação pessimista, mas de fato o mundo espiritual é nosso destino definitivo, e ele não é um mundo ruim ao se olhar em frente.

Qual é o verdadeiro significado do Natal e porque o celebramos? Isto não é feito para o benefício da América ou para o benefício do mundo. Celebramos o nascimento de Jesus Cristo. A questão central deste dia é que tipo de Natal Jesus teria desejado.

Quem enviou Jesus? Deus o enviou, e Deus tinha uma determinada vontade ao enviar Seu filho. Considerando a situação política naquela parte do mundo naquele tempo, que tipo de Natal Deus teria desejado que as pessoas celebrassem? Quem deveria ter sido a primeira pessoa ou povo a celebrar o nascimento de Jesus? Não o próprio Jesus, certamente, porque ele tinha acabado de nascer. A primeira pessoa a verdadeiramente celebrar deveria ter sido o próprio Deus, que ocasionou o nascimento de Seu filho. Além disso, os anjos e todo o mundo espiritual se juntariam, glorificando e louvando esse grande dia. Entretanto, aqui na terra o nascimento de Jesus foi recebido em silêncio porque apenas algumas pessoas sabiam de sua vinda. Podemos ver que o nascimento de Jesus foi verdadeiramente celebrado no céu, centrando em Deus, mas na terra dificilmente alguma celebração ocorreu.

O mundo cristão honra o Natal através da criação de cenas da natividade de Jesus em uma manjedoura. De fato, uma  manjedoura é um lugar muito humilde. Eles ficam orgulhosos de Jesus ser colocado em uma manjedoura, mas é neste tipo de lugar que o filho de Deus, o Rei dos Reis, deveria nascer? Vocês acham que Deus verdadeiramente desejava que Seu filho nascesse em um estábulo?

Continuar a ler

Anúncios

A Vida é Curta

A vida humana é limitada. Embora possa viver um longo tempo, você não pode viver muito mais do que uma centena de anos.

Vamos dizer que você viveu por cerca de oitenta anos. Se você tira o tempo para o sono, isto é reduzido pela metade para quarenta. Dormir é viver? Dormir é como estar morto. Isto não é assim? Dormir é morrer.

Por esta razão, das vinte e quatro horas, você vive e luta somente metade disto. Então, e se você tira uma hora para comer? Além disso, se você tira o tempo para as festas, celebrações, funerais, e assim por diante, então você realmente viverá ao menos a metade da sua vida? Eu calculei da última vez, e descobri que somente utilizamos sete anos vivendo de verdade. Destes sete anos, quantos dias podem ser contados como dias de vida verdadeira? Há ao menos um único deste dia?

Entretanto, nosso sofrimento não dura mais do que oitenta ou cem anos, trinta e seis mil dias.  Os trinta e seis mil dias passam muito rapidamente. Você não pode suportar esse tempo curto? Deus esteve suportando sofrimento por centenas de milhões de anos. Entretanto, por mais miserável que o mundo possa ser, Deus não é influenciado. Embora Ele tenha milhões de
histórias em Seu coração, Ele não demonstra qualquer agitação.

A vida corre depressa. No tempo quando você amadurece e entende como é o mundo, você já está com quarenta ou cinquenta anos, e as próximas dezenas de anos passam em um instante. Então, rapidamente você terá sessenta e setenta anos. A expressão que a vida é um grande sonho de uma bela primavera parece tão real.

Continuar a ler

A Forma de Songhwa

O Significado de “Songhwa

Você conhece o significado da palavra “songhwa”? […] A coisa que Deus precisa é a juventude, os jovens, que tem fogo,
que tem a pureza, a energia e o fogo que pode absorver os próprios sentimentos de Deus. Esse é o motivo pelo qual eu dei o nome “Songhwa” para vocês, jovens.

Song” (realização) significa a conclusão do Ideal de Criação. Em outras palavras, isto significa a conclusão de todo o universo. Originalmente, o tempo para estabelecer o padrão de conclusão é a idade de 17 ou 18 anos, quando os antepassados humanos caíram. Esse é o motivo pelo qual Deus deseja que todas as coisas sejam realizadas centrando em “Songhwa,” a idade dos vinte anos. Aqueles que podem ocupar o lugar de conclusão no futuro são aqueles em sua juventude.

Continuar a ler

Vida Centrada em Deus

Toda religião ensina a não olhar ou ouvir nada precipitadamente. Elas também nos ensinam a não falar ou tratar alguém precipitadamente. Isto significa que olhar, ouvir, falar, sentir e também amar deve ser feito centrado em Deus, e não centrado em mim mesmo.
Todo o nosso falar, olhar, sentir e experimentar emocional devem estar conectados a Deus.
Para quem devemos olhar e ouvir em nossa vida diária? É para o benefício de Deus. Devemos fazer isto para o benefício de Deus. Sentir também deve ser feito para o benefício de Deus. Embora estamos vivendo na terra, devemos estar conectados com a vida no Céu.

Continuar a ler

Redescobrindo a Vida

Se os seres humanos devem conduzir bem suas vidas, eles devem criar um programa. Você não deve viver uma vida sem direção e sem propósito. Você pode não saber, mas a providência de restauração de hoje não está sendo realizada sem um propósito.
O caminho que tenho trilhado por 40 anos até hoje tem sido completamente intencional e em conformidade com um programa. Tal como construir uma casa requer um plano, eu tenho um projeto. Eu não posso dizer para mim mesmo, “Está feito,” embora tudo possa coincidir exatamente com o projeto. Isto tem que ser reconhecido por Céu e terra.

Se uma pessoa tem vivido uma vida boa ou má, isto será definitivamente determinado depois que ele ou ela morrer. A decisão será tomada quando se sabe se a pessoa viveu bem ou não. Se uma pessoa é observada por ter conduzido uma vida boa, isto significa que a pessoa é boa. Se não, isto significa que a pessoa é má.

Se isto é assim, então o que devemos fazer a fim de ser reconhecidos como tendo vivido uma vida de bondade? Qual é o padrão para uma vida boa ou má? Durante nosso tempo de vida, fazemos coisas que determinam a qualidade de nossas vidas. Toda pessoa quer viver uma vida boa. Ninguém quer viver uma vida má.

Continuar a ler

O Caminho da Mente Original

Estabelecimento de metas claras quando jovem

Se vocês não conhecem suas posições no presente, estarão como um navio fazendo uma viagem sem conhecer qual sua latitude e longitude. Vocês devem conhecer suas posições presente em primeiro lugar e então decidir a direção a seguir. Precisam ter direção em suas vidas.

Sem ter um traçado para seu futuro, vocês não podem conduzir suas vidas de forma bem sucedida.


Na idade dos vinte anos, você deve estabelecer metas precisas e investir toda sua energia e coração para completá-las. Se faz isto, é muito provável que você venha a ser uma figura histórica ou deixe atrás de si coisas memoráveis para o mundo. Uma pessoa que apenas aceita seu ambiente e situação irá passar à margem da história. Uma vez que tenha decidido fazer alguma coisa, você deve ter coragem de lutar para completar sua meta, não importando que espécie de dificuldades permaneçam adiante. Você deve ter a coragem para suportar todos os obstáculos mais do que meramente não gostar deles.

Continuar a ler

Influências Espirituais

A família e a comunidade humana são altamente interdependentes e inter-relacionadas. Esses laços não cessam na morte. Tal como existe grande interdependência na terra, há grande interdependência entre material e as realidades espirituais, e elementos estão constantemente sendo trocados entre as duas realidades. As ações de um descendente influenciam seus antepassados, que permanecem ativos, mesmo se participantes invisíveis na vida da família e da comunidade. Da mesma forma, sua influência nos descendentes é grande, se frequentemente reconhecida.

Vida Espiritual

Às vezes as pessoas dizem “Vovó estava comigo” ou “Meu falecido pai teve uma mão nisso” quando eventos na terra parecem indicar a influência contínua de uma personalidade que tenha passado para o mundo espiritual. Não há nada assustador neste
tipo de experiência. Geralmente esses momentos são acompanhados por uma sensação de proteção e amor. É natural que aqueles com quem uma pessoa compartilha laços de sangue estejam conectados com essa pessoa, mesmo depois que eles tenham passado para uma dimensão diferente de existência. Também é natural que o amor e preocupação deles permaneçam vivos.

Continuar a ler