A Rígida Disciplina do Amor

O Apocalipse na Bíblia diz que devemos ser quentes ou frios, não mornos. A atitude morna não conta para nada no mundo de amor. É permitido segurar um chicote se você tem um coração amoroso. Se os filhos negligenciam o amor dado pelos pais, os pais podem ter que ser frios com eles. Se os filhos não são repreendidos por seu mau comportamento, eles perdem qualquer senso se distinção entre bem e mal. O Pai parece gentil, mas de certa forma ele é rígido. O Pai é muito cruel em relação ao mal, mas muito quente como uma fornalha de vários milhares de graus em relação à bondade.

Quando o Pai ouviu que mestres tinham sido enviados para a prisão por baterem em estudantes, ele soube que a América estava perecendo. Para o benefício de obterem uma boa direção, os estudantes devem com disposição pedir para seus mestres puni-los, se necessário. Um provérbio coreano diz, “Dê uma tigela extra de arroz para a pessoa difícil e segure um chicote para a pessoa amada.” Isso é inevitável se alguém deseja herdar a tradição correta. Vocês devem ser capazes de derramar lágrimas de gratidão pelo amor paternal, esquecendo a dor. Até mesmo um chicote é precioso para o amor. Qualquer coisa realizada no amor é preciosa, mesmo punição e sofrimento. Amor não inclui somente sentimentos agradáveis.

Pais que deixam seus filhos pararem de estudar sempre que estão cansados não são verdadeiros pais de amor verdadeiro. Eles devem até mesmo espancar os filhos para que continuem a estudar porque estão preocupados sobre seu futuro bem-estar. Pais depositam suas esperanças no futuro de seus filhos. É bondade e amor bater nos filhos ou nos amigos íntimos quando eles querem seguir na direção errada. Conhecendo este princípio, tudo deve estar incluído no padrão da bondade.

Continuar a ler

Anúncios