Vida Centrada em Deus

Toda religião ensina a não olhar ou ouvir nada precipitadamente. Elas também nos ensinam a não falar ou tratar alguém precipitadamente. Isto significa que olhar, ouvir, falar, sentir e também amar deve ser feito centrado em Deus, e não centrado em mim mesmo.
Todo o nosso falar, olhar, sentir e experimentar emocional devem estar conectados a Deus.
Para quem devemos olhar e ouvir em nossa vida diária? É para o benefício de Deus. Devemos fazer isto para o benefício de Deus. Sentir também deve ser feito para o benefício de Deus. Embora estamos vivendo na terra, devemos estar conectados com a vida no Céu.

Continuar a ler

Anúncios

O Significado da Tribulação que Deus Predisse, o Pai Celeste a Quem Todos Queremos Atender

Hoon Dok Hae com o Verdadeiro Pai

Sun Myung Moon

12 de fevereiro de 1961

Trecho dos Discursos Selecionados do Rev. Sun Myung Moon, Volume XI

Tradução: Marcos Alonso (não Oficial)

Deus predisse que haveria sete anos de grande tribulação confrontando a humanidade no tempo dos últimos dias. O período de grande tribulação é o tempo quando todos os santos devem enfrentar as dificuldades suportadas pelo Céu por todo o curso da história de restauração. Enquanto todos os relacionamentos humanos serão rompidos, você enfrentará circunstâncias onde não poderá confiar em nada. Não importa quanto você tente viver sua vida consciente e corretamente, você não pode insistir em seu modo de vida. Quanto mais conscientemente você abrace a Vontade de Deus e reflita sobre o mundo, mais dor e sofrimento você sentirá enquanto observa o mundo. Tal tempo será de sete anos de grande tribulação nos últimos dias. Este será um tempo quando todas as esperanças serão abaladas, o centro de sua fé oscilará, e os líderes a quem você seguia vacilarão. Não somente as ideologias, mas também as religiões, as consciências e os corações dos pais serão abalados. Então, porque Deus faria tal mundo no tempo dos últimos dias? É porque Deus quer conceder o valor especial que você pode verdadeiramente participar com Ele em Sua história de sofrimento. Deus tem testemunhado um vasto número de misérias humanas ao longo de 6.000 anos e enfrentado inúmeras dificuldades. Portanto, nos últimos dias, Ele o coloca no ambiente onde você não pode encontrar o centro em qualquer ideologia ou fé. Deus quer encontrar verdadeiros filhos e filhas que serão capazes de dizer: “Eu amo Deus,” ou declarar: “Eu viverei com Deus” mesmo no meio de tais tribulações e dificuldades. Sabendo isto, você não deve desanimar e entristecer quando testemunhar a igreja tremendo em seu centro, nem deve ficar triste vendo que a ideologia principal não é mais confiável. Você não deve ficar chocado, ao ver um líder no exercício que está falhando em sua missão. Você não deve ficar triste que seus pais mudaram, nem que seus irmãos e irmãs se tornaram completamente diferentes. Mesmo se tudo que você acreditou e confiou está em crise, seu coração deve permanecer calmo. Você deve saber que Deus nunca está em crise e que Ele visitará você nesta hora. Também sabemos que Deus somente faz você sofrer para que um dia Ele possa construir um relacionamento precioso com você, enquanto você compartilha a dor e sofrimento que Ele tem experimentado por toda a história. Assim, a tribulação é Sua promessa de fazer isso. Deus precisa desse tempo para que Ele possa encontrar uma pessoa, mesmo em uma situação muito difícil, que possa abraçar o Céu e gritar: “Eu irei onde o Senhor for. Eu lutarei com o Senhor. Eu agirei com o Senhor!” Portanto, você não deve se desesperar, dizendo que seu caminho está bloqueado. Não desanime se sua nação está em crise. Deus não está morto. Não importa quão terrível o mundo possa se tornar, você não deve ficar abatido. Lembre, Deus não está morto. Deus definitivamente visitará você. Embora tudo na terra esteja desmoronando, você não deve vacilar em sua devoção exclusiva ao Céu. Você não deve mudar sua esperança interior que vem da confiança em Deus. Para ver seu coração imutável, Deus empurrará você para muitos tipos de dificuldades e sofrimentos. Você deve ter convicção em seu coração que vai chamar seu Pai Celestial mesmo quando confrontado com situações insuportáveis. Mesmo se você sente que caiu no fundo do vale mais profundo, você deve fazer todo esforço para subir, utilizando apenas uma corda que o conecta com o Céu em seu coração. Mesmo se você sente amargura e dor, como se estivesse caindo no inferno, você deve posicionar-se para atender o Pai Celeste, preocupado com as dores e sofrimentos do Pai Celeste antes das suas próprias dores. Acreditando que o Pai Celeste compreende sua dor e angústia pessoal, se você segue em frente – não importa quão miserável seja sua situação – com um sentimento de responsabilidade e tarefa, você nunca perecerá. Atualmente, há milhões de Cristãos no mundo, mas quantos deles têm essa fé? Estamos atendendo nosso Pai Celeste, não em Seu Trono, mas atendendo-o enquanto Ele se esforça nas ondas mortais das tempestades, tentando desesperadamente encontrar Seus filhos e filhas. Você deve compreender a realidade desse Pai Celeste como do seu Pai Celeste, que tal situação é a situação Dele, e esse coração desesperado como o coração Dele. Então você deve se colocar corajosamente diante Dele com convicção para proclamar: “Eu agora cheguei ao entendimento que Seu Desejo é encontrar Seus filhos e filhas, que Sua situação é encontrar Seus filhos perdidos, resolver Suas dores e sofrimentos históricos, e que Seu Coração é de amor por Seus filhos perdidos, para abraçá-los. Assim, não importa quão amargo o sofrimento ou quão insuportáveis as dificuldades que eu enfrento, eu declaro que sou uma Manifestação de Seu Desejo, Sua Situação e Seu Coração.” Você deve entender que uma vez que faça esse compromisso, você passa a ser o filho de Seu Pai Celestial e responsável para atendê-Lo.