Nossa Máscara de Cada Dia

Máscara de cada dia

Novo ano, novos projetos, novas determinações… assim iniciou-se 2015. Você já definiu suas metas e objetivos para esse ano? Não?! Então pare o que estiver fazendo e vá defini-los! Se sim (meus parabéns!), entre eles está o de incorporar uma “máscara” em sua vida diária?

Recentemente eu estava conversando com uma nova amiga e chegamos a um ponto em que discutíamos que, em nossa vida, quase todos os dias nos deparamos com situações em que nos vemos forçados a usar máscaras, e que isso poderia trazer consequências negativas, sendo a maior delas a negação de nossa individualidade. Por máscaras, entendíamos ações, palavras, comportamentos que diferiam daqueles que estamos acostumados. Entretanto eu, apesar de concordar que uma sucessão de máscaras indesejáveis pode ter seu impacto negativo sobre a personalidade das pessoas, sempre tive uma diretriz mental de que toda e qualquer situação/realidade pode e deve ser analisada e compreendida por ambos os aspectos: negativos e positivos. E dessa vez não foi diferente.

Com base nisso, passados alguns dias dessa conversa, eu me peguei remoendo esses pensamentos, buscando analisar o lado positivo do tema e, como que por acaso, eu fui ler algumas publicações antigas do nosso Movimento, e me deparei com um texto cujo título homenageio nessa postagem.

Continuar a ler

Estória Interessante

 

Vamos contar a estória sobre o pequeno Alex. Um dia ele estava no pátio da escola, e estava exclamando em alta voz, segurando uma Bíblia: “Deus seja Louvado! Deus seja Louvado!” Seu professor veio e disse: “Ei, Alex, o que você está fazendo aqui fora?” E Alex disse: “Eu estou louvando a Deus!” Então o professor disse: “Mas porque você está louvando a Deus?” Alex disse: “Bem, como o senhor sabe, Deus dividiu e abriu o Mar Vermelho e Moisés atravessou todo o Mar Vermelho.” E o professor disse: “Ah! Bem, como você sabe, Alex, de fato se você olhar pela ciência, em determinadas partes do Mar Vermelho a profundidade é de somente cerca de vinte e cinco centímetros, e na maré baixa, as águas vão embora e você de fato pode caminhar através do Mar Vermelho. Isto realmente não é um grande milagre como a Bíblia diz, é apenas pura ciência.” Alex ouviu isso, e ele ficou com uma pequena dúvida em seus olhos, e então ele abaixou sua cabeça, e de repente seus olhos brilharam, e então ele disse: “Deus seja louvado! Deus é grande!” O professor viu isso e disse: “Alex, você não ouviu sobre a ciência, porque está louvando a Deus?” Então Alex disse: “Deus é grande, Ele é poderoso, Ele afogou os egípcios em vinte e cinco centímetros de água!!!!”

 

Estória contada pelo Rev. Hyung Jin Moon no sermão “Ser um Herói Todos os Dias” do dia 19 de julho de 2008

Traduzido por Marcos Alonso.

 

  

 

Estória Interessante

Esta é a estória de uma mãe tentando fazer seu filho ir para a igreja. A mãe veio ao quarto do filho – era manhã de domingo – e ela o sacudiu e disse: “Acorde Marcos, é hora de ir para a igreja! Acorde e se levante.” E ele disse: “Mãe, eu não vou para a igreja hoje.” Ela tentou convencê-lo, e tentou levantá-lo da cama. Mas ele não se levantava, e se escondeu debaixo de seu cobertor. Então ela disse: “Marcos, é melhor você levantar, temos que ir para a igreja.”

Então Marcos se levantou e disse: “Mãe, eu vou dar para a senhora duas razões pelas quais eu não irei para a igreja. Número um: Ninguém lá gosta de mim, e Número dois: Eu também não gosto deles.” E a mãe disse: “Tudo bem, eu também vou te dar duas razões pelas quais você vai para a igreja. Número um: você está com 45 anos de idade, e Número dois: você é o Pastor!”